sábado, 3 de março de 2012

Brasil no Festival de Montreux

     
     A história do Festival de Jazz de Montreux começa em 1967. O evento durou apenas três dias, tendo como destaques as performances do saxofonista Charles Lloyd e do pianista Keith Jarrett.
     Em 1971, Aretha Franklin se viu convencida a figurar como atração principal do festival daquele ano depois que Claude Nobs a presenteou com uma... caixa de chocolates!
     Em 1973, a artista folk e militante pacifista Joan Baez surpreendeu a todos quando chegou a Montreux montada em um cavalo.
     Foi um incêndio que consumiu parte do cassino de Montreux durante um show de Frank Zappa & The Mothers Of Invention que inspirou o Deep Purple a compor a antológica Smoke on the water.
     1973 também foi o ano que assinalou a primeira aparição de Miles Davis em Montreux. O trompetista voltaria ao palco suíço para mais sete apresentações.
     Em sua juventude, Freddie Mercury, vocalista do Queen, viveu durante vários anos em Montreux. A cidade também serviu de inspiração para a música A winter’s tale, gravada pelo Queen no álbum Made in heaven, pouco antes da morte do cantor.

     O Brasil teve várias participações no Festival e destacamos aqui alguns álbuns que são verdadeiras obras primas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...