segunda-feira, 29 de julho de 2013

Aztec Camera

Aztec Camera was a Scottish New wave band formed by Roddy Frame. Formed in 1980, the band went on to release a total of six albums — although, most of the records were essentially written and played by Frame — High Land, Hard Rain (1983), Knife (1984), Love (1987), Stray (1990), Dreamland (1993) and Frestonia (1995)."Oblivious", "Somewhere in My Heart" and "Good Morning Britain" (a duet with former The Clash guitarist Mick Jones) were popular songs for the band.


Knife is the second album by Aztec Camera and was released in 1984. It reached number 14 on the UK Albums Chart – their highest showing at that time. It also charted at #29 on the Swedish Albums Chart.
The original release did not include the acoustic cover of "Jump" by Van Halen; this was added after Aztec Camera's version (originally the B-side of "All I Need Is Everything") gained popularity.

Side A
"Still on Fire" - 3:56
"Just Like the USA" - 4:03
"Head Is Happy (Heart's Insane)" - 4:16
"Back Door to Heaven" - 5:22

Side B
"All I Need Is Everything" - 5:44
"Backwards and Forwards" - 4:13
"The Birth of the True" - 2:42
"Knife" - 9:05
Bonus: Jump (Van Halen)

All songs written by Roddy Frame

Palhinha: (  http://youtu.be/COtZZmWKcRI )

7 comentários:

  1. O Osibiza eu passei de propósito, to evitando discussões,rs mas esse sem chance.........
    Aztec Camera ao meu ver que não muda em nada o rumo do universo, ´´e simplesmente uma das melhores bandas que se formou no início dos 80 com a revolução operária inglesa, aí que entra a importância dos Pistols, do Clash e Husker Du por ex(não esqueci não Java guenta que vc vai ver).

    Na real eles são escoceses mas a aura da época impregnou sons e letras eles junto ao Paul Veller e seu Style Council ou Steely Dan de Donald Fagen (vejam bem sei que vem dos 70 esse aqui, é um gancho pro assunto) lançaram o que se convenciona chamar de New Bossa, que passou batido no brasil e prq?

    O brazuca não gosta de bossa nova e iria gostar de new bossa uk?

    Santa ignorância, não era música de bailinho, não era musica de fm (lancei muitas delas) não era música de disquinhos, eram sons muito bem compostos e arranjos muito bem enquadrados e at´´e me arrisco a colocar o Simple Minds como um dos pais desse movimento que gerou Tears for Fears, perceberam só as ligações?

    São infindáveis e o Aztec com o Roddy sempre no controle até sozinho conseguiu se naõ me engano seis ou oito discos, mas não alcançaram o devido sucesso prq foi uma "ONDA" passageira!!!!!!!!!!!!!

    Somewhere In My Heart tem metais que só as grandes bandas negras usam, e a batida é uma batida até melancólica com uma voz tb melancólica o que Rhoddy era mestre.

    Sapandau Ballet, E but the Girl, Level 42 podem até ter tab ligações com o Culture Club vovó disso tudo, mas que criou um movimento fantástico que parece um polvo tantas vertentes possue.

    Qdo posto sempre procuro um the best prq muita gente não conhece e se perde, e ai tem oportunidade de conhecer um apanhado do trabalho e quem sabe entender e até gostar, prq acho horroroso aqueles puristas que ouvem Eric Clapton e fazem cara de nojo prum Aztec ou outro da época.

    Aztec Camera qdo lançou-se eu já acompanhava o movimento inglês bem de perto e como disse vem uma leva junto de talento melódico, bom repertório e baseado em r'b, qualidade que só não vê quem não quer.

    Um post pra lavar a alma, um post pra voltar a juventude e se alguém pensa que é brincadeira o Level 42 em Lessons in Love faz exatamente a mesma coisa, e principalmente os metais se sobressae, nada a ver com new age como classificam o Aztec, era uma fuga da disco com volta pra black music feita na grande maioria por brancos, pobres ou operários, trabalhadores e desocupados, com uma idéia na cabeça e nada no bolso.

    Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Maravilha de comment!!!! e ainda temos o Dead de volta!!!!

    valeu, Bro!

    ResponderExcluir
  3. Ei nunca "não estive" minha internet vai piorar a minha doideira só, mas de resto to sempre presente, agora vão ter de aguentar.
    Enjoy!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Hmmm, se eu ouvi alguma coisa do Aztec Camera, foi há muito tempo e eu já esqueci. Então, vai parecer novo de novo. :) Curti a capa e o nome dessa música aqui, já me instigaram a ouvir.

    Head Is Happy (Heart's Insane)
    Tá, vamos trocar. rs
    Heart Is Happy (Head's Insane)
    Gostei desse wordplay.

    Às vezes, a música pra mim é isso, também, simples assim, nada muito complicado. Uns detalhezinhos saborosos e basta. :)

    ResponderExcluir
  5. Dead, nesta época várias bandas despontaram como numa fase pós punk, com sons novos, meio baladas, meio pop, meio rock, meio folk, meio blues... Com letras bem elaboradas e com músicos muito bons... Simple Minds, The Cure, Siouxie and The Banshees, Loyd Cole and The Commotions, Talking Heads são alguns exemplos deste New Wave (na época odiado por rockers), que marcaram esta época...
    Este discão sempre achei muito bom (e só conheço este)e curti em muitas baladas oitentistas. Jump é um espetáculo e All I need is Everything tb.
    Não é uma unanimidade, mas vale o registro!

    Lucy, sempre fico feliz quando vc gosta!

    Abs e bjs

    ResponderExcluir
  6. Tenho este em LP, muito bom...quase o álbum inteiro é bom. Porém, adquiri outro deles em cd, creio foi o "Love" e não gostei. Porém, Frame é ótimo compositor. A capa é uma arte à parte! Sou Alvaro Az do blog http://amizadevinil.blogspot.com. Saudações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala aí, Alvaro. Para falar a verdade, gosto demais deste LP do Aztec... Os outros, nem tanto. Se quiser pedir um som, é só falar!
      Abs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...