sábado, 7 de setembro de 2013

14 BIS

O 14 Bis foi criado no final do ano de 1979 por músicos que já se conheciam e alimentavam a ideia de ter uma banda brasileira nos moldes daquelas bandas internacionais que tanto influenciaram e emocionaram seus integrantes como Beatles, Rolling Stones, Deep Purple, Yes, Led Zeppelin, Pink Floyd entre muitas outras. Mas a influência não se resume a música criada fora do Brasil. O Clube da Esquina foi, para todos do 14 Bis, a prova que poderia ser criada no Brasil uma nova música brasileira original, popular e ao mesmo tempo sofisticada. Antes da fundação do 14 Bis, era diante desse caldeirão musical que seus futuros integrantes sonhavam em gravar suas canções e atingir o sucesso. Enquanto isso não era possível, trabalhavam cada um junto a um grupo ou artista diferente, sempre buscando o amadurecimento musical e profissional. Flávio e Sérgio estavam no O Terço, Hely e Vermelho no Bendegó e Cláudio com Lô Borges.



O 14 BIS surgiu num momento em que o Brasil carecia de bandas com um som jovem e de qualidade. Além dele, só havia A Cor do Som e o Roupa Nova. As canções melódicas, originais, com vocais apuradíssimos e a interessante mistura de rock progressivo e a música regional repercutiram não só entre o público mas também na crítica, que recebeu favoravelmente o trabalho. Os cinco foram retratados em estilo barroco na capa do primeiro disco pelo pintor Pedro Algaza, que recebeu elogios de Caetano Veloso.

E é deste momento inicial de criação que trazemos dois álbuns excelentes... meio progressivo, meio MPB, meio diferente.


1979 - 14 Bis 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...