domingo, 9 de março de 2014

Devo


Devo é um grupo americano de New Wave formado em Akron, Ohio em 1974. A banda foi fundada por Gerald Casale e Mark Mothersbaugh, na época estudantes da Kent State University, fazendo um sucesso estrondoso nos anos 80 com a explosão do new wave. A canção "Whip It" (Bater ou chicotear em português) de 1980 sobre o governo de Jimmy Carter teve seu tema confundido com masturbação e por esse motivo atingiu considerável sucesso nas paradas americanas. A banda mais tarde reconquistou parte de sua fama inicial ao ter a música Turnaround regravada pelo Nirvana. Seu estilo foi classificado como punk rock, pós-punk ou art rock, mas são geralmente classificados como new wave ou synth pop. A música e o estilo do grupo tematiza a ficção científica kitsch, com toques de humor surrealista, via instrumentação minimalista e sintética. O som da banda influenciou tanto o new wave da época quanto os grupos de rock alternativo de hoje, além de vídeo clipes memoráveis. A banda chamou atenção por formar um conceito, a de-volução, em que seus integrantes acreditavam que a raça humana havia chegado a seu ápice, e estava "de-evoluindo", voltando a idade das cavernas. O episódio especial de número 100 de Futurama teve a participação da banda, que mostrava seus integrantes como mutantes. A banda continua ativa até hoje.


O nome Devo originou-se do conceito da banda de "DE-EVOLUTION", significando que a humanidade, ao contrário de evoluir continuamente, na verdade tem regredido, como evidenciado "pela disfunção e mentalidade de rebanho da sociedade americana". Esta idéia foi criada como uma piada pelos estudantes de arte da Kent State University, principalmente por Gerald Casale e Bob Lewis no começo dos anos 60. A discografia do Devo, consiste-se em 9 álbuns de estúdio e 25 singles.

O Devo chamou minha atenção quando vi Geddy Lee do Rush, com um bottom da banda, em shows e em um clip do Subdivisions (acho)...



Palhinhas:





Vamos ao som!!!





Duty Now for the Future was the second album by United States New Wave band Devo, released in 1979. It was on the Billboard charts for 10 weeks, peaking at #73.



Freedom of Choice is the third album by New Wave musicians Devo, released on May 16, 1980 on LP and July 7, 1987 on CD. It saw the band moving in more of an overt synthpop direction, even though guitars still played a prominent role. On the Billboard Music Charts, Freedom of Choice peaked at #22 on the Pop Albums chart. It contains Devo's most well-known song, "Whip It," which hit #8 and #14 on the Club Play Singles and Pop Singles charts, respectively.

Oh, No! It's Devo is the fifth studio album by Devo. By the time of its 1982 release, Devo were a full-fledged synth-pop act, with guitar-based New Wave sounds pushed more towards the background. Most of the music on Oh, No! was created by electronic means which gave it a much different sound than, for example, their 1978 debut Q: Are We Not Men? A: We Are Devo!, which relied more on guitars than synthesizers. This alienated some fans despite the band stating since at least 1978 that their goal was to "de-emphasize" guitars. The album was produced with prominent producer Roy Thomas Baker, who had famously worked with both Queen and The Cars, among many others. Devo took on another new look for this album, wearing black t-shirts and slacks with white "Spud Ring" collars. In concert, these were augmented with Energy Domes, and the New Traditionalists shirts and ascots for part of the performance. The LP jacket had a cutout stand on the back so it could be stood up like a picture frame.







Pioneers Who Got Scalped is an anthology by the rock band Devo, released in 2000. 17 of the 50 tracks are previously unissued on CD, including b-sides, remixes, soundtrack songs and spoken word material. The band recorded the long-time concert favorite "The Words Get Stuck In My Throat" in the studio for the first time, specifically for inclusion on this compilation.


11 comentários:

  1. No começo, punk, depois new wave tecnopop... guitarras substituídas por sintetizadores, num som mais fácil de se assimilar e dançante, mas sempre com muito bom humor.
    Os dois primeiros álbuns são os que mais me agradam. O cover Satisfaction é um dos melhores já escutados. O vídeo é hilariante.

    Foto hilariante do Devo de sutiã. hehe

    Parabéns pelo brilhante post, Javanes.

    Locador do Xerxes

    ResponderExcluir
  2. Onde pára o 4º CD?

    ResponderExcluir
  3. O segundo CD é duplo: (Devo - 1982 - Oh No It´s Devo & Freedom Of Choice )...

    ResponderExcluir
  4. DEVOTI DARE TAPANAKARA10 de março de 2014 20:00

    Vcs têm paciência demais! O anônimo quer saber do 4 cd. Pergunta e pronto, como se vcs fossem seus empregados. Nenhum agradecimento, nada de gentileza. O anônimo é mais um que só quer ser servido, só isso. Pra isso, ele deve ter tempo, mas para agradecer a camaradagem de vcs, nem pensar.

    ResponderExcluir
  5. Pelas fotos está confirmado, década 70= 3 gtrs, baixo e bateria, década 80= 2 sintetizadores, 1 guitarra, bateria eletrônica e um integrante a fazer o vocal.
    Abraços do Pluto

    ResponderExcluir
  6. este tal de Geddy Lee, É UM PÉSSIMO CANTOR e um baixista MEDIOCRE....COMO PODE UM GRUPO TÃO BANAL (rush) ENGANAR TODOS O TEMPO TODO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, não xingue meu seguidor. O timbre de voz do Geddy Lee é bem semelhante ao meu e ele é um ótimo baixista, compositor e tecladista. Não gosta do Rush???!!! Gosta do que então?
      Com a palavra o ANC.
      Pato Donald

      Excluir
  7. Olá galera.

    Vcs sabiam que antes do Rush surgir, já existia um imitador do Pato Donald?
    Uma imitadora, vocalista da banda TOMORROW'S GIFT, ELLEN MEYER.
    Confiram a semelhança e o sonzaço da banda http://www.youtube.com/watch?v=B1BSzxm1LvE

    Naum gostar do Rush é uma heresia.

    Bom domingo pra todos!

    ResponderExcluir
  8. Pateta, vou lá conferir... Meus caros, Rush é uma das melhores bandas de 70 e 80... Moving Pictures, 2112 são clássicos. Geddy Lee é o cara.

    ResponderExcluir
  9. Pateta, que sonzaço este Tomorrow's Gift... Muito obrigado.

    Muito bom mesmo... E parece muito o Geddy Lee!!!! hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há de que, Breu.
      Pena que no segundo e último álbum , foi sem a presença da Ellen Meyer. O disco é instrumental, jazz rock. Não conheço. Não se encontra disponível para baixar.

      Boa semana pra todos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...