terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Atlantic Blues Collection (4 CDs Box)


Atlantic Blues era uma série de 4 álbuns duplos, com o que havia de mais influente no blues do pós-guerra, apesar da Atlantic não ser uma gravadora de Chicago como a Chess Records. Dividido de forma estilística (Piano, Vocal, Guitarra e Chicago), suas capas internas (em português, uma raridade) tinham mais informações sobre o estilo do que havia disponível na imprensa musical brasileira em 10 anos.
É bom que fique claro que não se trata de uma coletânea pra iniciar incautos, mais uma boa forma de juntar singles a muito tempo fora de catálogo, que muitas vezes eram a única produção fonográfica daquele artista. Há uma curiosidade engraçada sobre as versões em cd: todas tem músicas a menos, normalmente duas, pois os álbuns tinham um pouco mais de 80 minutos, que é o tamanho de um compact disc, o que fez com que os lp's originais se tornassem obrigatórios. É uma aula em cada faixa, dividida em 4 "módulos" de fino trato.
*Texto escrito por Nei Bahia do blog Clash City Rockers




Eu, na verdade, só tinha o Atlantic Blues Piano em vinilzão, que ouvi muito. Muita mais tarde, tive acesso a toda a coleção e, mesmo com todos nossos recuros de hoje, ainda considero rara no nosso universo musical. Consegui todos os álbuns em boa qualidade e disponibilizo para os amantes da música, e principalmente de Blues.











More Blues on Valvulado:

7 comentários:



  1. Poxa, eu já tive um deles em LP mas não lembro qual era, eles são duplos???

    Na dúvida to baixando tudo!!!

    Muito boa lembrança!!!! Valeu!!!

    Abração Breu,

    Gustavo

    ResponderExcluir
  2. Fala Gus, Todos são vinis duplos de primeira qualidade... Eu tinha só o piano.
    abs

    ResponderExcluir
  3. Um amigo me chamou pra fumar um brau. No quarto dele tinha essa coleção,o cara cantava e tocava guitarra em uma pizzaria conhecida. Fizemos a cabeça ouvindo essas maravilhas. Bom demais!

    ResponderExcluir
  4. Carlos Nunes (Bem-Te-Vi)22 de junho de 2016 13:20

    Ah,Sergio,comigo foi melhor. Uma gata da faculdade me levopu no apê dela. Enrolou um,colocou um disco desses aí na vitrola,e me me agarrou! Foi bão demaissssssssssssssssssss!

    ResponderExcluir
  5. hehehehehe...
    Música para mim é isso. Não é só a sonzeira, a técnica. Muitas vezes, a música (boa ou até mesmo ruim) penetra em nosso inconsciente e traz memórias maravilhosas. Infelizmente (ou felizmente) uma música que desperta lembranças maravilhosas é a maldita Dançando Lambada, que me lembra uma noite da faculdade, quando uma morena tentou me ensinar a dançar, e depois me ensinou muitas outras coisas... Viva a Lambada entonces...
    Valeu Sergio e Carlos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...