quinta-feira, 2 de junho de 2016

Jon Anderson & Roine Stolt

Mais uma de Peter Hammil

"Mais uma exclusividade  extrema para o SOMVALVULADO:


Estou ouvindo....percebo que a voz.....A VOZ de Jon Anderson continua sublime....praticamente imune ao peso dos anos.....

Vejo  (ouço rsrsrs) traços de OLIAS, TORMATO, e tentativas quase-certas de repetir os momentos mágicos de TOPOGRAPHIC OCEANS....  A faixa 3, KNOWLEDGE apresenta vários trechos que nos fazem lembrar o imortal CLOSE TO THE EDGE...KNOWING apresenta trechos que nos levam a AWAKEN do álbum GOING FOR THE ONE...e por ai vai....

Claro que não poderia ser diferente.....quando um genuíno membro fundador do YES decide realizar uma empreitada como esta, com certeza procurou inspiração nos melhores momentos desta grande banda...

Então vejo este álbum como um feedback...onde o passado e o presente se mostram como um só,  revelando um VERDADEIRO YES imutável...a prova está neste álbum que está ainda para ser lançado...

Na página do Jon, o álbum é composto de 4 faixas....nesta "amostra", cada peça foi dividida em trechos, totalizando 9 faixas......mas o álbum inteiro está aí...com mais de 1 hora de grandiosidade...

Abraços progressivos

Peter"






Anderson / Stolt, the brand new duo of legendary Yes vocalist & singer/songwriter Jon Anderson and progressive rock veteran Roine Stolt (The Flower Kings, Transatlantic), have announced the release of their collaborative album 'Invention Of Knowledge' for 24th June 2016 via InsideOut Music. Jon Anderson had this to say: ".....Music is always the driving force in my life...working with such a wonderful musician as Roine Stolt made the creation of this album very unique,we are very excited with the release of 'Invention of Knowledge'." Roine Stolt adds: "It is not aiming at being new Yes music; just new music, modern and classical, rock and ethno, tribal and orchestrated, grooving and floating. Hopefully in the true spirit of "progressive" - leaning forward, surprising and also comforting with familiar run-arounds. We've been "inventing" as we go along - Jon is an endless source of new ideas. We've been bouncing ideas back and forth for months and as a result there are probably dozens of versions of these songs. It's been a very interesting and rewarding time and the result is just insanely detailed." InsideOut label-head Thomas Waber comments: "I have been talking to Jon for ages about making an album of 'Yes music' - as Jon calls it - and Roine seemed like the perfect guy for him to work with. I am really happy that it has finally happened and I am also thrilled with the material they have come up with. I think it will please a lot of fans!" The idea came to life swiftly off the back of a performance from Roine's band Transatlantic, and Jon Anderson on the Progressive Nation At Sea Cruise in 2014, and was initially instigated by InsideOut Music label boss Thomas Waber. The duo set about crafting new music in the spirit of early epic works such as 'Tales From Topographic Oceans', 'Awaken' & 'Olias Of Sunhillow', but giving it a modern twist. Written & recorded over the course of 1 and a half years, the tracks have been in a state of constant change as Roine and Jon swapped & refined ideas by sending tracks to each other via the internet. In March 2015, an ensemble was put together by Roine to realise the music live in the studio. Joining him there was Tom Brislin (who played on the Yes Symphonic tour) & Lalle Larsson on keys, Jonas Reingold & Michael Stolt on bass and Felix Lehrmann on drums. The sessions were also bolstered by appearances from Daniel Gildenlöw, Nad Sylvan, Anja Obermayer, Maria Rerych and Kristina Westas who all provided backing vocals.


The full track-listing for the album is as follows:

1. Knowing 17:45
2. Everybody Heals 13:20
3. Invention Of Knowledge 23:10
4. Know 11.20

5 comentários:

  1. Cáspita!!!
    Nesta eu me superei.....rsrsrs
    faltam ainda 22 dias para este álbum ser lançado....

    Grande disco...
    Jon já se imortalizou como o mais ILUMINADO de todos os "mais-mais" do prog-
    rock

    Aproveitem...

    Peter Hammill - SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, eu pretendia esperar o lançamento, mas não aguentei! O disco é bom demais.
      Valeu Peter

      Excluir
  2. E aê, caros caras, tudo na mais perfeita desordem?
    Vou lhes dizer, eu estava doido pra comentar sobre esse disco, mas quis escutá-lo pelo menos duas vezes antes de fazer isso...
    Antes, porém, um pouquinho de contexto.
    Quando aparece um supergrupo, uma reunião de fodões, etc e tal, eu já meio que fico preparado pra me decepcionar - quantas vezes isso não aconteceu com um de vocês? Quando é algo em que está metido algum ou alguns membros do Yes eu fico mais desconfiado ainda, porque eu quase que detesto completamente aquele disco do Anderson, Wakeman Brufford & Howe, entre outras coisas, inclusive lançamentos do próprio Yes (o último deles, pelamordedeus...).
    Nesse caso ainda tem um agravante (se preparem para uma heresia... rsrsrs): a voz do Jon Anderson me enjoa com uma certa facilidade, apesar de, ao mesmo, tempo, a adorar. Sim, é um paradoxo, mas, nos tempos áureos do Yes, a banda equilibrava isso muitíssimo bem, afinal, com tantos egos em ebulição, todo mundo tinha que "aparecer" muito, então as partes instrumentais eram mais longas, e ainda tinha as vozes do Howe e do Squire pra contrabalançar (o que, afinal, criou muitas das melhores harmonizações vocais de todo o rock progressivo).
    Vamos então, ao disco.
    Já tendo nascido como um clássico, com tanta gente boa envolvida, não poderia ser ruim de jeito algum. "Invention", "We Are Truth", "Knowledge" e "Knowing" são magníficas, a primeira em especial. Mas já em "Knowing" o meu enjoo começou a dar as caras. Fiquei com saudade do LP, porque aí eu poderia espera um bom tempo pra trocar o lado disco, fazer um sanduba, sei lá, talvez assim eu gostasse mais; porém, o player continua, né? Lá fomos nós, através de "Chase And Harmony", "Everybody Heals", "Better By Far" (tem certeza? hehehe) e "Golden Light" me deixaram pensando "poutz, se ele cantasse menos, se tivesse menos letras e mais som..." esse tipo de coisa, mas o resultado geral até que foi bem positivo. E aí vem a última, "Know", que fecha o disco com chave de ouro cravejada de diamantes e rubis mágicos, adornada com esmeraldas, fechando os portões do delírio de forma a me fazer querer voltar a escutar tudo de novo, porém num volume maior. rsrsrsrs
    Vai lá entender essa porra... rsrsrsrsrsrs
    Acho que é um daqueles discos que eu vou gostar mais e mais a cada vez que eu o escutar, pegar mais detalhes e tudo o mais, e isso é que o bom da coisa toda.
    Mesmo com as ressalvas muito particulares, é um discaço-aço-aço mesmo. Poderia ter menos partes cantadas e mais instrumentais, afinal tem uma pancada de músicos totalmente excelentes participando do projeto, mas eu acho que eu sou mesmo um chato exigente, que sempre espera mais de quem pode nos dar o melhor do melhor.
    Agora é só esperar pra ver se eles vão fazer turnê e tocar clássicos do Yes, Flower Kings e/ou de seus projetos paralelos e discos solo - isso, sim, seria fantástico! Melhor ainda se tocassem aqui perto de casa... rsrsrsrs
    Abraços, meus caros caras, abraços!!
    Valeu!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Marcelo. Muito legal seu comentário.
      Eu já tive tremendas decepções na dita reunião de fodões, conforme citada por você. O próprio Big Generator que muita gente gostou, eu não gostei e devolvi o vinil na época.

      O Jon Anderson lançou vários discos solo e gostei de quase todos. O Anderson Ponty é muito bom, e este último eu realmente achei muito bem elaborado. Como disse Peter, a voz do Jon continua boa, mostrando, muitas poucas vezes, um desgaste do tempo.

      Contudo, neste século XXI, onde as boas músicas e bons álbuns se concentram no século passado, fico feliz de ver um álbum bom e competente como este!

      Gosto muito de seus comentários. Não só aqui como em outros blogs.

      Um cordial abraço

      Gringo

      Excluir
  3. Maddy Lee, este álbum foi uma grande surpresa para mim. Assim como você, ouço e acompanho estas reuniões com baixas expectativas, mas este me surpreendeu!

    Abraço

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...