sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Punk Rock II




A música punk é um dos elementos que mais caracteriza a cultura punk. Acompanhando as mudanças históricas do estilo, a música punk também apresenta um grande número de ramificações e evoluções.
Apesar de historicamente ter surgido do rock, a música criada por punks não é limitada ao punk rock.

A música punk desde seu início foi marcado como um estilo musical de contestação, seja como uma resposta musical ácida e crítica aos rumos que a música rock havia tomado na época com o rock progressivo, ou de forma ideológica criticando opiniões preconceituosas de músicos famosos de rock no final dos anos 70 e início dos anos 80, como o apoio de algumas bandas de punk rock e streetpunk ao rock against racism.




O gosto por certas bandas e gêneros musicais é algumas vezes interpretado como identificação de um indivíduo à uma certa postura ideológica distinta dentro da cultura punk, como o niilismo, o anarquismo, a cultura de rua, entre outras.



O primeiro elemento cultural punk desenvolvido foi a música. A música punk desde suas origem até os dias de hoje passou por diversas mudanças e sub-divisões. Apesar disso, nos diversos estilos de música punk o caráter anti-social e/ou socialmente crítico é bastante recorrente e a ausência destas características é vista por alguns como justificativa para o não-reconhecimento de uma banda como sendo do estilo punk. Estilos muito distintos do punk rock também são desconsiderados com freqüência.

O estilo punk rock tradicional caracteriza-se pelo uso de poucos acordes, em geral power chords, solos breves e simples (ou ausência de solos), música de curta duração e letras rebeldes, sarcásticas que podem ser politizadas ou não, em muitos casos uma manifestação de antipatia à cultura vigente. Estas características não devem ser tomadas como uma definição geral de punk rock, pois bandas e variações bem difundidas do gênero apresentam características muitas vezes antagônicas a estas.


Originalmente o punk surge por volta de 1974 como uma manifestação cultural juvenil semelhante aos da década de década de 1950|1950 e década de 1960|1960: era caracterizado quase que totalmente por um estilo baseado em música, moda e comportamento.




A primeira manifestação genuinamente punk, no entanto, o estilo punk rock, surge primeiro nos Estados Unidos com a banda Ramones por volta de 1974 e é caracterizada por um revivalismo da cultura rock and roll (músicas curtas, simples e dançantes) e do estilo rocker/greaser (jaquetas de couro estilo motociclista, camiseta branca, calça jeans, tênis e o culto à juventude, diversão e rebeldia). Na Inglaterra o princípio de que "qualquer um pode montar uma banda" e o espírito renovador do punk rock se mesclaram a uma situação de tédio cultural e decadência social, desencadeando o punk propriamente dito. Essas características —sarcasmo, interesse pelo grosseiro e o ofensivo, valorização do faça-você-mesmo, reutilização de roupas e símbolos de conhecimento geral em um novo contexto bizarro, crítica social, desprezo pelas ideologias, sejam políticas ou morais, e pessimismo— somadas ao estilo empolgante e direto do punk rock definiram a primeira encarnação do que hoje entendemos como subcultura punk.

A partir de 1977 esta postura punk se tornou um fenômeno impactante na maior parte do mundo e pouco a pouco foi se transformando e ramificando em sub-gêneros.

A trilha sonora deste movimento é apresentada aqui no Valvulado, em alguns álbuns:








O nome completo é CBGB & OMFUG que significa: "Country, Bluegrass, and Blues and Other Music For Uplifting Gormandizers" e, em uma tradução livre, significa "Country, Bluegrass e Blues e outras músicas para levantar gulosos (ou colocar os gordos pra suar)". No começo do clube, o público era Country e Blues assim como as bandas que se apresentavam. Em 1965, abriu o Max's Kansas City em Nova Iorque, o primeiro lugar de shows onde Lou Reed e o Velvet Underground, New York Dolls e The Stooges do Iggy Pop se apresentavam. Então em 1973, Hilly Kristal, proprietário do CBGB, abriu o lugar para o público Punk Rock, recebendo shows do Television e, mais tarde, da Patti Smith.


O lugar tornou-se muito conhecido como o berço do punk rock, e está marcado na história de bandas e pessoas como Television, Richard Hell, Johnny Thunders & The Heartbreakers, The Ramones, Blondie, Elvis Costello, The Dead Boys, The Misfits e todos personagens importantes para a música dos anos 70 e 80 nos Estados Unidos. Onde foi palco de muitas historias envolvendo não só bandas americanas, mas também britânicas, como o Sex Pistols, e brasileiras como Ratos de Porão.





Coletânea com Ramones, Bad Religion, Prodigy...





Punk Rock 1977 - Vinil A Revista Pop Apresenta (The Runaways, Jam, London, Eddie and the Hot Roots)




Damned Damned Damned é o álbum de estreia da banda britânica The Damned, foi lançado em 25 de fevereiro de 1977.






The Exploited é uma banda escocesa, formada em 1979. Uma das bandas mais importantes e mais influentes do cenário punk britânico e mundial, o Exploited faz um som agressivo com letras politizadas, contra a mediocridade e a corrupção política, a violência da polícia, asguerras, a religião e a favor dos deserdados não só do seu país, mas também mundial.






Leave Home é o segundo álbum de estúdio dos Ramones, lançado em 10 de Janeiro de 1977 ele é característico pelas canções clássicas dos Ramones, como "Pinhead" e "Gimme Gimme Shock Treatment".
Este é o único álbum dos Ramones que teve que sofrer modificações no lançamento original, devido à controvérsia pela canção "Carbona Not Glue".

Visite também: Punk Rock I


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...