sábado, 9 de fevereiro de 2013

Hoje é dia de Frank Vincent Zappa


Frank Vincent Zappa (21 de Dezembro de 1940, Baltimore — 4 de Dezembro de 1993, Laurel Canyon, Los Angeles) foi um compositor, guitarrista, produtor de gravação e diretor de cinema. Em uma carreira de mais de trinta anos, a sua obra musical estendeu-se pelo rock, fusion, jazz, música eletrônica, música concreta e música clássica. Ele também dirigiu longas-metragens e videoclipes e desenhou capas de álbuns seus. Zappa produziu quase todos os seus 60 álbuns que lançou com a banda Mothers of Invention, grupo que o acompanhou por boa parte da carreira e teve sua formação mudada muitas vezes, e como artista solo.
Na adolescência, ele adquiriu um gosto por compositores de música de vanguarda baseada na percussão, como Edgard Varèse, e também pelo rhythm and blues dos anos 1950. Zappa começou a escrever música clássica no ensino médio, à mesma época em que tocava bateria em bandas de rhythm and blues - ele fez a troca para a guitarra posteriormente. 

Compositor e performista da sua própria música, com influências diversas, o seu trabalho é praticamente impossível de ser categorizado. O seu álbum de estreia com o Mothers of Invention, Freak Out!, combinava canções no formato convencional do rock and roll com improvisações coletivas e colagens de som realizadas em estúdio. Os seus últimos álbuns também continham essa abordagem eclética e experimental, independentemente de o formato fundamental ser rock, jazz ou clássica. Ele escreveu as letras de todas as suas canções, as quais - frequentemente humoristicamente - refletiam a sua visão iconoclástica dos processos sociais e políticos, estruturas e movimentos estabelecidos. Era um grande crítico do método de educação e da religiões, e um forte defensor da liberdade de expressão, da autodidática e da abolição da censura.

Zappa foi um artista altamente produtivo e prolífico e ganhou aclamação da crítica. Muitos de seus álbuns são considerados essenciais na história do rock e do jazz. Ele é considerado um dos guitarristas mais originais de seu tempo. Ele também continua sendo uma grande influência para músicos e compositores. Alcançou algum sucesso musical, particularmente na Europa, e pela maior parte de sua carreira trabalhou como artista independente. Postumamente, Zappa foi incluído no Rock and Roll Hall of Fame, em 1995, e ganhou um prêmio Grammy, em 1997.
Frank Zappa faleceu, em decorrência de um câncer de próstata, em 1993. Ele teve quatro filhos: Moon Unit, Dweezil, Ahmet Emuukha Rodan e Diva Thin Muffin Pigeen.


Frank Zappa foi um dos maiores compositores, letristas e guitarristas revolucionando a forma de fazer música. Seu estilo foi frequentemente associado ao Fusion Jazz, Jazz Moderno, mas classificar sua música é praticamente impossível. Vários músicos famosos fizeram parte de sua banda, entre eles, Jean Luc Ponty, George Duke, Steve Vai, Mark Volman, Terry Bozzio, Howard Kaylan, entre muitos outros.




Zappa era um compositor e produtor compulsivo e os vários álbuns que lançou em seus 30 anos de carreira apresentaram um satirismo e experimentalismo únicos, que seriam sua marca registrada. Zappa fez sátira dos Beatles, Bob Dylan, Led Zeppelin, e nem Purple Haze do Jimmi Hendrix foi poupado.





Cientistas de vários campos têm homenageado Zappa nomeando novas descobertas com seu nome. Em 1967, o paleontólogo Leo P. Plas Jr. identificou um molusco exitnto em Nevada e nomeou-o Amaurotoma zappa com a motivação de que "O específico nome, zappa, honra Frank Zappa". Nos anos 1980, o biólogo Ed Murdy nomeou um gênero de peixes da família gobiidae da Nova Guiné como Zappa, sendo uma espécie nomeada Zappa confluentus. O biólogo Ferdinando Boero nomeou uma medusa californiana Phialella zappai, comentando que ele tinha "prazer em nomear estas espécies conforme o compositor de música moderna". Os biólogos belgas Bosmans e Bosselaers descobriram no início dos anos 1980, uma aranha camaronesa, a qual eles nomearam, em 1994, Pachygnatha zappa porque o "lado ventral do abdômen da fêmea destas espécies se assemelha impressionantemente com o bigode do artista lendário". Um gene da bactéria Proteus mirabilis que causa infecções no trato urinário em 1995 foi chamado de zapA por três biólogos de Maryland. No seu artigo científico, eles "especialmente agradeceram Frank Zappa pela inspiração e assistência com a nomenclatura genética". No final dos anos 1990, os paleontólogos estado-unidenses Marc Salak e Halard L. Lescinsky descobriram uma fóssil de metazoários, e nomearam-no Spygori zappania para homenagear "a época final de Frank Zappa ... cuja missão paralelizou com aquela dos primeiros arqueólogos: desafiar as crenças convencionais e tradicionais quando a tais crenças faltavam raízes na lógica e na razão".

Homenagem a Zappa em Berlim, Alemanha

Em 1994, esforços do psiquiatra John Scialli levaram a União Astronômica Internacional a chamar um asteroide de 3834 Zappafrank. Os asteroide foi descoberto em 1980 pelo astrônomo tchecoslovaco Ladislav Brozek, e a citação ao seu nome disse que "Zappa foi um artista e compositor eclético, autotreinado ... Antes de 1989, ele era considerado um símbolo da democracia e liberdade por muitas pessoas na Tchecoslováquia".

Bust of Frank Zappa in Bad Doberan, Germany, site of the annual Zappanale festival 


Em 1995, um busto de Zappa feito pelo escultor Konstantinas Bogdanas foi instalado na capital lituana Vilnius. Uma réplica foi oferecida à cidade de Baltimore em 2008. Em 2002, um busto de bronze foi instalado na cidade alemã de Bad Doberan, desde a instalação de Zappanale, um festival musical anual celebrando Zappa.[249] Na iniciativa da comunidade de músicos ORWOhaus, a cidade de Berlim deu nome a uma rua no distrito de Marzahn "Frank-Zappa-Straße" em 2007. No mesmo ano, a prefeita de Baltimore Sheila Dixon proclamou 9 de agosto como o "Dia Frank Zappa" oficial da cidade, citando as habilidades musicais de Zappa, assim como a sua defesa da Primeira emenda da constituição dos Estados Unidos da América.

Bust of FZ in Vilnius, Lithuania, created by sculptor Konstantinas Bogdanas (1995)



Busto de Frank Zappa
O busto do guitarrista norte-americano Frank Zappa, doado à cidade natal do músico por uma organização não governamental da Lituânia. Ela foi colocada em frente a uma biblioteca pública da cidade.




Busto de Frank Zappa
Detalhe da estátua do músico, morto em decorrência de um câncer de próstata em 1993. 'O espírito de Frank Zappa está vivo e bem em Baltimore', declarou o prefeito Stephanie Rawlings-Blake.  




Eu sou um grande fã. Ouço Zappa desde os 15 anos de idade e fico muito feliz de poder homenageá-lo aqui no Valvulado.
Em 1999, quando estava em Amsterdã, encontrei em uma loja de CDs, este CD triplo, provavelmente um Bootleg, sobre a obra de Zappa. Espero que gostem.





















E para encerrar, uma homenagem do filho de Zappa, Dweezil...



 Show gravado ao vivo da tour européia, teve participações de Terry Bozzio, Steve Vai e Napoleon Murphy Brock. Um grande álbum...





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...