quinta-feira, 16 de março de 2017

A.Vuolo & E.Grande - Rare Italian Prog


Very rare italian library record from 1979 containing the great electronic tune "Transvesuvian" a cosmic sound track a la Tangerine Dream and other great funk, fusion, progressive and ambient tracks. But there's also a bit more warmth too, a sensitivity that makes the longer tunes really shimmer and sparkle nicely, and although a sound library set, the tracks have a much deeper sense of composition. Some tracks sounds like they were taken from a horror film(Goblin), and especially "Leaving", "Blow bubbles" and "Creation". (http://www.italianprogrock.com/album.php?id=687)





- Antonio Vuolo: Keys
- Rino Diaferio: Guitar, Bass
- Elio Grande: Bass

2 comentários:

  1. Falem Valvulados! Fala Java!

    Essa é mais uma raridade e muito obrigado por compartilhar. Um álbum gravado bem no final da década de 70, quase perdida em meio a uma profusão de trabalhos de vários gêneros e em plena transição musical que se ouviu da década de 80 em diante. Às vezes soa como Alan Parsons, às vezes Tangerine Dream, às vezes outro grupo que se queira lembrar para comparar, mas tem seu próprio estilo variado e com o tempero de várias influências. Reconheci como sendo um trabalho eletrônico, instrumental, conduzido pelos seus três integrantes, destacando os seguintes instrumentos listados no verso da capa do disco de vinil:

    Antonio Vuolo: mini moog, fender, rhodes, piano, steinway, clavinet, vibraphone, hammond b 3
    Rino Diaferio: fender stratocaster, martin, ramirez, fender precision bass
    Elio Grande: jazz fender bass, guild ramirez

    Embora o álbum original tenha sido produzido em 1979, ainda sem os recursos de gravação digital de que se dispõe atualmente, a digitalização disponibilizada tem qualidade suficiente para nos permitir curtir, conhecer e se surpreender com o som deste grupo. Comento isso porque fui buscar mais informações e encontrei uma postagem na página Progno Frog, de 2010, na qual o responsável teve o trabalho de digitalizar o álbum em vinil. Foi muito criticado pela qualidade da digitalização e teve a paciência para digitalizar novamente, sendo ainda criticado por não atender ao padrão de exigência dos super ouvidos dos pureflacfãs. Por pior ou melhor que seja a gravação ou digitalização, SEMPRE SERÁ UMA GRAVAÇÃO. Para quem deseja ouvir qualquer música em sua mais perfeita qualidade original, só tem um jeito: ao vivo. Como não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo, o melhor é sempre valorizar e agradecer pela bondade de quem grava, produz e divulga.

    Abraços a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Ricardo, obrigado por sempre estar presente no Valvulado...

      Este álbum é uma jóia mesmo!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...